VI Semana do Bebê Quilombola é encerrada com manifestações culturais e presença do prefeito Zé Martins

Após 5 dias de Ações Pedagógicas nas 11 comunidades quilombolas certificadas dos 18 quilombos existentes no município de Bequimão, a VI Semana do Bebê Quilombolas chegou ao final nesta sexta-feira (30) e teve seu encerramento com premiações e manifestações culturais na Praça da Matriz no Centro da cidade. A festa aconteceu no período da tarde e contou com a presença do prefeito Zé Martins e demais autoridades municipais.

Durante as atividades as crianças aprendem costumes, regras e disciplinas, além de trabalhar a habilidade psicomotora. Mas os pais também precisaram participar de todas as atividades para conhecerem o melhor caminho a seguir por seus filhos. As atividades foram aplicadas para crianças, jovens, adultos e idosos residentes no quilombos. Todos os moradores receberam atendimento sobre saúde, educação, assistência social e segurança. São ações pedagógicas benéficas para todas as famílias do quilombo de acordo com a lei Nº 09/2013 de autoria do prefeito Zé Martins.

Para a secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, mais uma edição da Semana do Bebê Quilombola foi concluída com muito sucesso. “Graças a Deus tudo deu certo, mesmo com tantas dificuldades, mas tivemos como sempre o apoio do prefeito Zé Martins, autor da lei que institui essa Ação Pedagógica, e claro o apoio de parceiros como governo do Estado, Fundação Josué Montelo, Unicef e secretarias municipais que fortalecem este evento todos os anos desde a primeira edição. Sentir a satisfação dessas pessoas dentro dos quilombos é gratificante. Isso não tem preço, quando um trabalho é reconhecido por quem está sendo beneficiado. No próximo ano teremos muito mais, se Deus quiser”, destacou a secretária.

O prefeito Zé Martins, autor do projeto de lei que criou a Semana do Bebê Quilombola em 2013, se fez presente no encerramento do evento e destacou a importância desse tipo de Ação Pedagógica para a população quilombola em Bequimão. “Primeiro quero destacar o respeito que a nossa gestão tem com os movimentos e comunidades quilombolas. Logicamente que a gente fica muito feliz em saber da satisfação dos quilombolas pela ação realizada, já que nos 6 anos de nossa gestão tem tido um olhar diferenciado para estas comunidades. Intensificamos os trabalhos nessas comunidades em todos os seguimentos da gestão como saúde, educação, assistência social, esporte e infraestrutura. Eu fico feliz em poder contribuir dessa forma para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, que historicamente são comunidades sofridas, mas a gente tem trabalhado para mudar esse estigma em Bequimão. Enquanto gestor, prefeito de Bequimão tenho mostrado o carinho e a responsabilidade com essas comunidades desde o primeiro ano de gestão”, salientou o prefeito. 

O gestor municipal ainda destacou o resultado positivo das ações durante a Semana do Bebê Quilombola em Bequimão. “Em todos os índices que tínhamos negativos desde que recebi a prefeitura, agora mostram os avanços, tanto é que já estamos concorrendo ao Unicef a um prêmio que vem para coroar o trabalho que realizamos nessas comunidades. O saldo é positivo e mostra os avanços das políticas públicas e a gente enfrenta os problemas e estamos vencendo, mesmo com dificuldades, já que nada se resolve num piscar de olhos. Isso se faz com trabalho e nós estamos fazendo com responsabilidade”, disse o prefeito.

O prefeito Zé Martins entregou a chave da cidade para o bebê Prefeito do Quilombo (criança que nasce no período da Semana do Bebê Quilombola). Este ano o prefeito foi José Henrique Rodrigues da Silva, morador da comunidade Marajá. Sua vice foi Vitória Gabriele moradora do povoado Ariquipá. 

Ainda foram homenageados as crianças que foram bebês prefeitos do quilombo nas edições anteriores (2013, 2014, 2015, 2016 e 2017). Os vencedores das competições e atividades durante a Semana do Bebê Quilombola também receberam premiações. A festa foi animada pela banda Jujubanda da Escola de Música de Bequimão e ao som do tambor de crioula que botaram todo mundo para dançar na Praça da Matriz.

E para encerrar com chave de ouro o professor Nilson Almeida botou todo mundo para aquecer os esqueletos através de zumba através do projeto Agita Bequimão. Participaram os secretários Sidney Bouéres (saúde), Dinha Pinheiro (cultura), Kel Pereira (esporte), o vice-prefeito Magal, secretários adjuntos, professores, diretores de escolas, autoridades municipais, lideranças quilombolas e comunidade em geral.

O evento é realizado há 6 anos pela Prefeitura de Bequimão, através da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, com apoio da Fundação Josué Montello, Governo do Estado (Secretaria de Estado da Igualdade Racial – SEIR), Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), Secretária Municipal de Saúde, Secretária Municipal de Esporte e Juventude, Secretaria Municipal de Segurança Pública, Secretaria Municipal de Agricultura, Secretária Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Educação, Rádio Bequimão FM 106,3 MHZ e Unicef.

Com Informações: tribuna de bequimão
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *