Pela terceira vez, Tribunal de Contas do Estado aprova prestações de contas de Luiz Everton

Superintendente de Articulação Política da Regional de São Bento, Luiz Everton.

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão aprovou, pela terceira vez consecutiva as prestações de contas do ex-presidente da Câmara de Vereadores de São João Batista, Luiz Everton. A ultima decisão do colegiado é do início deste mês, onde os juízes aprovaram, por unanimidade, as contas apresentadas pelo ex-vereador.

As contas são referentes ao exercício financeiro de 2014, último ano em que o atual superintendente de Articulação Política do Estado comandou o Poder Legislativo de São João Batista. O TCE já havia aprovado as prestações referentes ao primeiro ano de sua gestão, de 2013. Desta vez, o processo foi relatado pelo conselheiro-substituto Antônio Blecaute Costa Barbosa.

“Vistos, relatados e discutidos estes autos, que tratam da prestação de contas anual do presidente da Câmara Municipal de São João Batista, de responsabilidade do Senhor Luiz Carlos Pinto Everton, relativa ao exercício financeiro 2014, os Conselheiros do TCE, reunidos em sessão ordinária do pleno, por unanimidade, nos termos do relatório e proposta de decisão do Relator, ACORDAM em julgar regulares as referidas contas, em razão de as contas expressarem de forma clara e objetiva, a exatidão dos demonstrativos contábeis, a legalidade, a legitimidade e a economicidade dos atos de gestão do responsável, dando-lhe plena quitação”, descreveu a decisão publicado no site do tribunal.

Na sessão, estiveram presentes os conselheiros José de Ribamar Caldas Furtado (Presidente), Raimundo Oliveira Filho, Álvaro César de França Ferreira, Raimundo Nonato de Carvalho Lago Júnior e João Jorge Jinkings Pavão, os Conselheiros-Substitutos Antônio Blecaute Costa Barbosa (Relator), Melquizedeque Nava Neto e Osmário Freire Guimarães e o Procurador-geral Jairo Cavalcanti Vieira, membro do Ministério Público de Contas.

Ao comentar a terceira decisão do colegiado, Luiz Everton disse que essa é mais uma prova de sua responsabilidade com a coisa pública e que o TCE só atesta sua vida ilibada e compromissada com a gestão pública. “Essa é mais uma demonstração de que sou ficha limpa e que prova a nossa responsabilidade enquanto tivemos como presidente do Poder Legislativo de São João Batista”, comentou.

Fonte: Folha de SJB
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *