Prefeito Zé Martins entrega Mercado Municipal até final de outubro

Foram divulgadas, nesta sexta-feira (22), as primeiras imagens do Mercado Municipal de Bequimão, que está sendo finalizado pela gestão do prefeito Zé Martins. A inauguração, segundo informações da Prefeitura, acontecerá até o final do mês de outubro. A verba para essa obra foi conquistada, em 2008, pelo ex-prefeito Juca Martins, mas a administração que o sucedeu não terminou os trabalhos e ainda deixou ilegalidades que impediam sua conclusão.

Pelas imagens que chegaram ao Tribuna, é possível ver que os boxes construídos pela administração de Zé Martins para abrigar a comercialização de alimentos seguem o padrão adequado para esse tipo de atividade. Ambiente limpo, com piso apropriado e estrutura de escoamento da água. A população bequimãoense terá um local com melhores condições para o comércio de frutas, verduras e carnes.

            

No dia 19 de setembro, o prefeito reuniu-se com o promotor de justiça do município, Renato Madeira Reis, e informou que a entrega do Mercado Municipal ocorrerá em até 30 dias (contados da data da reunião), ocasião em que também será apresentado um cronograma de utilização do espaço e de capacitação dos feirantes. O Sebrae/MA será parceiro na formação profissional dos comerciantes.

A prioridade, de acordo com a Prefeitura Municipal de Bequimão, será dada aos feirantes e produtores ligados à agricultura familiar. “Queremos que esse mercado seja mais uma forma de o nosso povo ter acesso a renda e trabalho. Quem ganha com isso, também, são os consumidores, que poderão comprar seus alimentos em ambiente limpo, saudável e alguns deles produzidos no nosso próprio município”, destacou o prefeito.

Entenda o processo de construção do Mercado Municipal

 

Em junho de 2008, o ex-prefeito Juca Martins deu entrada no Plano de Trabalho junto à Caixa Econômica Federal para a construção do Mercado Municipal de Bequimão, por meio do então Programa de Apoio ao Desenvolvimento Agropecuário, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Com uma emenda parlamentar do deputado federal Sarney Filho, foram levantados recursos da ordem de R$ 292.500,00.

Finalizado o mandato de Juca Martins, a continuação da obra ficou a cargo do ex-prefeito Antônio Diniz, que encontrou tudo pronto para dar prosseguimento, mas não teve competência para fazer o trabalho. Além disso, ele deixou várias ilegalidades na obra, que impediram a finalização imediata do Mercado Municipal. Enquanto isso, a realidade do comércio ambulante de Bequimão era de total falta de estrutura e higiene. Durante a administração de Antônio Diniz, as barracas que se espalhavam pela Avenida Antônio Dino e pela Praça 02 de Novembro eram feitas de madeira, lona, palha e a presença de urubus se tornou comum.


Barracas do comércio ambulante na gestão
de Antônio Diniz


Em vez de concluir o Mercado Municipal,
Antônio Diniz deixou o comércio ambulante
em completa falta de higiene

Logo que assumiu a administração, em 2013, o prefeito Zé Martins tentou retomar a obra do Mercado Municipal, que havia sido conquistada por seu grupo político, mas esbarrou nas irregularidades deixadas por seu antecessor. Para amenizar a situação, distribuiu tendas padronizadas aos ambulantes, deixando o local mais organizado.

Em maio deste ano, foi firmado um acordo entre feirantes, Ministério Público e Prefeitura de Bequimão para o remanejamento dos ambulantes que trabalhavam na Avenida Antônio Dino. Cumprindo esse compromisso, houve um deslocamento, provisório, da comercialização de alimentos para o Mercado do Peixe.

Agora, quando a obra no Mercado Municipal já está sendo finalizada, políticos da oposição estão usando os feirantes para simular uma pressão contra o prefeito. O comércio que já estava organizado, provisoriamente, no mercado que fica próximo ao Porto, foi deslocado para a frente do novo mercado e para a Praça 02 de Novembro, desordenando o trabalho que havia sido feito pela Prefeitura, Ministério Público e feirantes. No final das contas, o grupo que não teve competência de finalizar a obra quer aparecer como responsável pela conclusão do mercado.

Mas, o povo de Bequimão está atento e sabe quem é o verdadeiro responsável por entregar, definitivamente, o Mercado Municipal aos bequimãoenses. Até o final de outubro, a obra será inaugurada e com feirantes treinados para melhor atendimento, em local mais adequado.

Fonte: tribunadebequimao.wordpress.com

 

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *