Socorro Waquim defende imprensa livre e critica censura

Deputada Socorro Waquim defende a liberdade de imprensa

“Sem imprensa livre não existe democracia”.

O bordão, um dos esteios mais vigorosos da liberdade de imprensa, foi pronunciado enfaticamente ontem, na Assembleia Legislativa, pela deputada Socorro Waquim (PP). Ela citou a situação da imprensa na guerra da Ucrânia, onde jornalistas já foram abatidos pela artilharia russa, tendo a imprensa em geral enfrentado dificuldades para  informar o mundo sobre o que acontece naquele país invadido pela Rússia, onde também a imprensa está submetida a censura por ordem do ditador Vladimir Putin.

A manifestação da deputada Socorro Waquim – uma professora esclarecida, que militou durante décadas no MDB, só agora migrando para o PP -, se deu por causa de o 3 de maio ser o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Na sua avaliação, mais do que a garantia da liberdade de imprensa, a data ajuda a combater a desinformação e a reforçar a democracia.

Ao enfatizar o bordão “Sem imprensa livre não existe democracia”, a deputada Socorro Waquim assinalou que “a liberdade de imprensa é respeitada apenas quando os jornalistas desempenham sua missão com autonomia, sem temor e quando o público tem livre acesso à informação fidedigna”.

Valeu, deputada. É isso aí.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *