19 de novembro de 2018

Prefeito de Primeira Cruz, George Luiz derruba armação de vice-prefeito, vereadores e retorna ao cargo.

PREFEITO GEORGE LUIZ É RECONDUZIDO AO CARGO. O prefeito afastado pela câmara de vereadores de Primeira Cruz, George Luiz Santos (PRB), voltou ao cargo por decisão da Justiça neste domingo (18). A liminar foi concedida pelo juiz da 1ª estancia da Comarca de Icatu, Dr.Karlos, para o grupo do prefeito George, tudo não passou de uma simples armação, arquitetada por alguns vereadores e o atual vice-prefeito conhecido por Nilson do Cassó, sendo que o mesmo almeja ser prefeito já um bom tempo, aproveitando o rompimento do grupo do prefeito George com o grupo do ex-prefeito João Neto, o mesmo aproveitou o espaço com alguns vereadores pedindo o afastamento e dando posse imediato ao vice-prefeito, isso foi rápido inédito. MUITO RÁPIDO (AFASTAMENTO E POSSE) Segundo um eleitor que não quis ser identificado o vice-prefeito já tinha até a lista das demissões e dos seus secretários. Foi o caso mais rápido de afastamento e posse, tudo armado diz o eleitor.Veja o vídeo abaixo: POR PORTAL DO MUNIM
Facebook
Twitter
Instagram
18 de novembro de 2018

Prefeito de Bequimão vai receber verbas federais para obras e serviços

Prefeito Zé Martins assinando contrato A luta constante do prefeito Zé Martins por melhorias para o município de Bequimão mostra o compromisso que o gestor tem com a população bequimãoense. Desde que assumiu a gestão em janeiro de 2013, Zé Martins tem buscado através de projetos recursos federais que vão beneficiar a população com obras e serviços, tanto na zona rural, quanto na urbana. Um convênio com o Ministério do Meio Ambiente no valor de R$ 500 mil reais vai beneficiar as comunidades de Buritirana e Ponta do Soares com um Sistema de Abastecimento de Água. Já através da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) o prefeito Zé Martins conseguiu um convênio no valor de R$ 3 milhões de reais para Sistema de Abastecimento de Água que vai beneficiar 15 comunidades com poços artesianos. Já através do Ministério da Integração, por meio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM), o prefeito Zé Martins também conseguiu um convênio no valor de R$ 500 mil reais que serão usados para recuperação e ampliação de estradas vicinais. É válido lembrar que na história do município de Bequimão, Zé Martins foi o único prefeito que […]
Facebook
Twitter
Instagram
18 de novembro de 2018

Por que os ultrajovens ainda vão destruir o país

Há alguns meses, a revista Época publicou uma edição que viralizou nas redes sociais. Centrando no tema dos ultrajovens, o grande destaque foi a capa criativa. Apesar de terem feito um bom trabalho com a ilustração, o artigo em destaque não foi à altura. Mas traz pontos interessantes, a partir dos quais é possível fazer algumas reflexões: Enquanto países desenvolvidos estão focados em ensinar aos seus jovens inteligência artificial, machine learning, big data e outros assuntos pertinentes, por aqui ainda estamos presos em discussões que não têm relevância econômica alguma, como identidade de gênero ou saber se mulher branca usar turbante é apropriação cultural. São discussões que, embora sejam consideráveis, simplesmente não ajudam a desenvolver um país onde 70% da população é analfabeta funcional. O resultado é que, pela ignorância gerada, nossos jovens crescem acreditando que salário é uma benevolência do empregador e não uma função da produtividade e da sua disposição de assumir riscos. Com isso, creem que o fato de não conseguirem comprar coisas é porque as empresas não querem dar remunerações altas, quando a realidade é que nossos jovens são menos capacitados que beagles de laboratório. Basta […]
Facebook
Twitter
Instagram
9 de novembro de 2018

CNJ pede a Moro que explique suposta atuação político-partidária

O corregedor-geral de Justiça, Humberto Martins, cobrou do juiz Sergio Moro explicações sobre suposta atividade político-partidária, por ter aceitado convite para ser ministro da Justiça de Jair Bolsonaro. Com base na explicação, Martins decidirá ser abre ou não um processo disciplinar contra o magistrado. A decisão de Humberto Martins foi tomada após entidades, partidos e cidadãos apresentarem representações contra Moro, alegando que houve atuação política por parte do juiz ao aceitar ser ministro ainda como integrante da magistratura. Pela decisão do corregedor nacional de Justiça, Moro terá até 15 dias para apresentar explicações. Ele só poderá ser nomeado ministro após pedir exoneração.  
Facebook
Twitter
Instagram