Deputado Zé Inácio denuncia o desrespeito do Supermercado Mateus com os consumidores do Estado

O deputado estadual Zé Inácio usou as redes sociais nesta quinta-feira (09) para denunciar atitude da rede de supermercados Mateus, que, que desde a explosão da pandemia de COVID-19 no Estado, vem impedindo seus clientes de parcelar suas compras nos cartões de outros bancos, bandeiras e redes que não estejam vinculados ao supermercado.

De acordo com o relato de clientes essa restrição estaria sendo implementada durante os primeiros 20 dias de cada mês, onde o Mateus se recusa a aceitar outros métodos de pagamento parcelado de crédito, que não sejam referente aos seus cartões.

“O Mateus Supermercados é a maior rede de produtos alimentícios do Estado do Maranhão, razão pela qual deve ter responsabilidade social para com o povo maranhense. A postura de impedir o parcelamento de compras em cartões de crédito que não sejam da bandeira da loja é um risco às famílias maranhenses, posto que essa atitude demonstra o descompromisso com a situação momentânea do país, além de configurar um evidente abuso contra os consumidores”, disse Zé Inácio.

Empresas que atuam no Maranhão têm atuado com sensibilidade e responsabilidade social desde o surto do coronavírus, pois estão contribuindo com o Estado através de doações, variando entre ações de publicidade e propaganda e até mesmo pelo fornecimento de equipamentos, dentre outras atuações.

“O momento exige compromisso e responsabilidade. Por isso, requeremos que a rede de supermercados Mateus recue da decisão em não parcelar compras em cartões de outras lojas, uma vez que sempre disponibilizou aos clientes tais medidas de parcelamento de compras. Iremos pedir providências aos órgão de controle, Procon e Ministério Público do Consumidor, para averiguar as denúncias, afim de evitar esse abuso que está sendo praticado contra o direito do consumidor maranhense”, disse o parlamentar.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *