Natalino afirma que colapso da UFMA pode ser superado com boa gestão

Professor Natalino Salgado, em entrevista ao programa “Passando a limpo”

Em entrevista ao programa “Passando a limpo”, da Nova FM, nesta segunda-feira (10), o professor Natalino Salgado lamentou o ambiente de disputa partidária para o qual envereda a consulta prévia para reitor da UFMA.  “São acusações, denúncias infundadas, fake news…virou um pânico!”, desabafou o médico e membro da Academia Maranhense de Letras e Academia Nacional de Medicina.

Natalino Salgado apontou falhas na atual gestão, cujos percalços burocráticos pesam sobre o orçamento exíguo. Defendeu a simplificação dos processos, com implantação de novos sistemas bem mais práticos e transparentes capazes de dar maior dinamismo à gestão.   candidato citou exemplos como o do Hospital Universitário onde novos sistemas reduziram custos. 

No entendimento de Natalino, é necessário somar expertises às competências acadêmicas para superar as crises.

“Há um clamor pelo meu retorno, para que a gente possa implementar um projeto inovador, transformando nossa UFMA em um universidade empreendedora, promovendo um choque de gestão que deixe para trás os sistemas antigos que não mais atendem as demandas acadêmicas”, explicou o candidato a reitor na consulta marcada para o dia 26 de junho.

Para Natalino Salgado o enfrentamento da crise será exitoso a partir da adoção de boas práticas de gestão. “A universidade caminha para o colapso e só vai retomar seu desenvolvimento se houver mudanças em várias áreas e buscar as competências”, afirmou.

A experiência acumulada pelo professor Natalino Salgado em duas gestões subsequentes na UFMA o credenciou a ser escolhido como o canalizador dos anseios do Pacto pela UFMA, um projeto coletivo que aglutina forças diversas e representativas da comunidade acadêmica.  “Nunca aceitei cargos político, nem mesmo me filiei a uma agremiação partidária, sempre me propus a ser médico, professor e pesquisador. Todos os cargos que ocupei foram na área acadêmica”, lembrou. 

Natalino Salgado trouxe para o Maranhão o primeiro rim artificial em 1978. Mais tarde montou a primeira equipe para realizar transplante de rim no Hospital Universitário, que ajudou a fundar e transformar a unidade de saúde simples em casa de saúde de referência.  

Sobre o Pacto pela UFMA

Integrado por professores, alunos, técnicos, sindicalistas e comunidade, o coletivo se movimentou desde 2018 no sentido de realizar um diagnóstico preciso e cirúrgico da instituição para apontar caminhos da excelência.  

Apartidário, desligado da gestão, percorreram oito campus da Ufma no continente,  auscultando a comunidade universitária.  Perceberam uma situação dramática.  O Pacto conta com quadro qualificado formado por professores de diversas áreas que vem trabalhando um projeto positivo de reformulação da UFMA.

Por: Diego Emir
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *