IMPERATRIZ: Mulher que atropelou família e matou duas pessoas é colocada em liberdade

Viviane Santos da Silva vai responder ao processo em liberdade com uso de tornozeleira eletrônica.

 A jovem Viviane Santos da Silva, de 19 anos, que atropelou uma família inteira, matando duas pessoas, foi colocada em liberdade. A decisão foi anunciada em Audiência de Custódia, no fim da tarde dessa quarta-feira (5). A autora do acidente fatal vai responder ao processo em liberdade com tornozeleira eletrônica.

 Após provocar o atropelamento, Viviane foi presa e autuada em flagrante pela prática de crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor e sob efeito de álcool. Um teste do etilômetro constatou embriaguez da jovem, que dirigia com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) provisória.

A audiência foi presidida pela juíza Ana Lucrécia Bezerra Sodré Reis, que entendeu que não haver indícios para manter a jovem presa. A magistrada ponderou que não existem nos autos documentos (imagens, filmagens ou depoimentos) que informem como o fato ocorreu, de modo que, ao menos por hora, não é possível dar ao fato capitulação penal diferente da apontada pelo delegado de polícia (homicídio culposo).

Registrou, ainda, a magistrada que o clamor público não se constitui causa legal de justificação da prisão processual. Viviane foi colocada em liberdade, mediante medidas cautelares, dentre elas, suspensão da CNH, recolhimento domiciliar noturno, proibição de frequentar bares e uso de tornozeleira eletrônica.

O acidente

Viviane Santos atropelou seis pessoas na noite de terça-feira (4), na Avenida Liberdade, bairro Vila Ipiranga, em Imperatriz. De acordo com a Polícia Militar, as pessoas estavam sentadas na porta da residência quando foram atingidas pelo carro desgovernado, dirigido pela jovem.

Duas pessoas morreram, a primeira vítima identificada foi Ruth Paixão, 54, que morreu ainda no local. A outra foi Ildener Silva, que foi encaminhada para o Hospital Municipal de Imperatriz, mas não resistiu aos ferimentos. As outras quatro pessoas permanecem internadas no Socorrão de Imperatriz. Uma delas teve a perna esquerda amputada.

Fonte: IMIRANTE
Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *