Hospital Lídia Martins em Bequimão já realizou mais de 370 mil atendimentos

Valorizar a saúde pública do município de Bequimão é uma das metas do prefeito Zé Martins desde que assumiu a gestão do município em janeiro de 2013. Inaugurado dia 2 de outubro de 2014, o hospital municipal Lídia Martins, já realizou até julho de 2018, um total de 371.036 atendimentos, somados aos realizados na antiga Unidade Mista. Os números mostram o grande trabalho em saúde pública em Bequimão na gestão do prefeito Zé Martins.

Os atendimentos médicos somaram 170.640. Sendo que 81.033 consultas, 626 retirada de corpo estranho, 1.523 pequenas cirurgias, 2.340 suturas, 307 drenagem de abscesso, 82.065 atendimentos da atenção básica e 2.746 atendimentos com remoção. 

Os atendimentos de enfermagem somaram 192.529. Sendo que 2.010 foram coleta de exame para laboratório, 1.340 testes de glicemia, 44.755 aferição arterial, 110.084 aplicação de medicamentos, 9.404 nebulizações, 3.578 terapia de reabilitação oral, 836 retiradas de pontos de cirurgias simples, 16.708 curativos grau I e 3.814 Raio X.

Já os atendimentos de internações foram 6.617. Sendo que foram 1.157 clínica pediátrica, 3.595 clínica médica, 1.062 clínica obstétrica e 803 clínica cirúrgica.

O número de nascidos vivos no município de Bequimão chegou a marca de 1. 058 crianças. Em 2013 foram 96, em 2014 foram 147, em 2015 foram 246, em 2016 foram 232, em 2017 foram 204 e 2018 até julho foram 133 crianças nascidas em Bequimão.

Com os bons equipamentos, o hospital dispõe das melhores condições para quem precisa de assistência à saúde e também para os profissionais que se dedicam a salvar vidas. A situação é bem diferente da encontrada há quase 6 anos, quando o prefeito Zé Martins assumiu a administração do município. A saúde estava uma “calamidade”, como relembra o prefeito Zé Martins ao falar da alegria de ter um hospital funcionando plenamente. Mas as melhorias foram acontecendo aos poucos. Primeiro, com a restauração da Unidade Mista de Bequimão e reestruturação das equipes, com médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem. Com o hospital de 20 leitos tudo mudou para melhor e os números mostram a qualidade dos serviços prestados pelos servidores.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), nos povoados Jacioca, Areal, Quindíua, Santana, Mojó, Macajubal, Deserto e Bebedouro estão recebendo as equipes do Programa Estratégia Saúde da Família (ESF). A Prefeitura de Bequimão adquiriu, ainda, três ambulâncias (a última foi entregue à população no dia 7 de setembro) e criou o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), que conta com serviços de fisioterapia, terapia ocupacional, nutrição e assistência social.

“Desde o primeiro ano da nossa administração, demos uma cara nova à saúde de Bequimão. Só não consegue ver a diferença aqueles que continuam torcendo para que o município não se desenvolva”, frisou Zé Martins, que atribuiu os avanços, tanto na área da saúde como em outros setores, ao apoio dos deputados Sarney Filho (federal) e Adriano Sarney (estadual).

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *