Ação de qualidade de vida do Judiciário Maranhense 2018 atende servidores da Baixada

A ‘Ação de Qualidade de Vida do Judiciário Maranhense 2018’, desenvolvida pelo Poder Judiciário, foi ampliada a vários municípios da Baixada – Pinheiro, Santa Helena, São Bento, Bequimão, Cururupu, Cedral, Bacuri e Mirinzal – com cerca de mil procedimentos em diversas especialidades.

O desembargador Jorge Rachid, presidente da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável do TJMA, participou da solenidade de abertura da ação na Baixada Maranhense, que é uma das metas do Plano de Logística.

“É importante o engajamento dos magistrados e servidores na política de sustentabilidade do Judiciário maranhense. A qualidade de vida está associada às boas práticas sustentáveis, incluindo o atendimento médico no próprio ambiente de trabalho e outras medidas que viabilizem esse bem-estar, com a preocupação em usar os materiais de forma racional sem acúmulo e desperdício, além do descarte dos resíduos de forma ambientalmente adequada”, pontuou o desembargador.

O trabalho está sendo coordenado pelo Núcleo Socioambiental e pela Diretoria de Recursos Humanos do TJMA, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do corpo funcional do Poder Judiciário, por meio de ações preventivas.

PROCEDIMENTOS – Durante dois dias, foram realizados cerca de mil procedimentos nas áreas de Fisioterapia, Nutrição, Educação Física, Medicina e Psicologia, para uma média de 225 servidores efetivos e terceirizados, na Baixada Maranhense.

Os serviços incluíram composição corporal, peso, estatura, avaliação da força e pressão arterial (Educação Física e Nutrição), além de avaliação postural, flexibilidade e dor (Fisioterapia), Eletrocardiograma e Anamnese (Medicina), avaliação de estresse e qualidade de vida (Psicologia).

CONVÊNIO – A ação – resultado de um convênio entre o Tribunal de Justiça do Maranhão e a Universidade Federal do Maranhão – se estenderá até o mês de novembro deste ano, com a prestação de serviços por professores, doutores e alunos bolsistas da UFMA.

A diretora de Recursos Humanos do TJMA, Mariana Clementino, disse ser importante atender às comarcas do interior, com um programa envolvendo a qualidade de vida no aspecto da sustentabilidade, e contemplando uma das prioridades dos recursos humanos, que é a atenção à saúde dos magistrados e servidores.

“O presidente do Tribunal, desembargador Joaquim Figueiredo, não mediu esforços para a execução do projeto apresentado pelo desembargador Jorge Rachid, que este ano atenderá cerca de mil servidores de cinco polos judiciais”, ressaltou.

ATENDIMENTOS – Os atendimentos foram concentrados no Fórum de Pinheiro, que também recebeu os servidores de São Bento, Bequimão e Santa Helena, no último dia 4. Na quinta-feira (5), a base de atendimento foi em Cururupu, que contemplou, ainda, Cedral, Bacuri e Mirinzal.

O servidor de Cururupu, Antônio Vale, avaliou a iniciativa como uma ação preventiva que incentiva o servidor a dar mais atenção a sua saúde e, assim, buscar alternativas para melhorar sua qualidade de vida dentro e fora do ambiente de trabalho.

“Um atendimento de qualidade e de valorização do servidor, com um olhar mais amplo à saúde de quem trabalha nas comarcas do interior”, ressaltou José Ferraz, servidor da comarca de Pinheiro.

Magistrados das comarcas participaram da ação, entre eles Holídice Barros (Juizado Cível e Criminal e diretor do Fórum de Pinheiro); Cristina Palhares (1ª Vara de Pinheiro) e Lúcio Soares (2ª Vara de Pinheiro).

Em Cururupu, o juiz Douglas da Guia destacou a satisfação em oferecer a estrutura do Fórum para uma iniciativa com foco na saúde dos servidores e juízes, buscando a valorização da pessoa humana. No dia da abertura (5), o magistrado foi representado pela juíza da Vara de Cedral, Márcia Daleth, que elogiou o Tribunal por iniciar a ação de qualidade de vida com as comarcas da Baixada.

As servidoras Flávia Ximenes, Liana Bandeira e Joelma Nascimento também participaram do evento de qualidade de vida, representando a Diretoria de Recursos Humanos e o Núcleo Socioambiental, respectivamente.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *