Zé Reinaldo defende rodovia Transoceânica para Baixada Maranhense

Ex-governador e deputado federal Zé Reinaldo Tavares

O ex-governador e deputado federal Zé Reinaldo Tavares entrou em contato com a Superintendência local do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), solicitando informações do Governo Federal sobre a BR-308, conhecida como Rodovia Transoceânica, que liga Belém a São Luís, cortando a Baixada maranhense nas proximidades do litoral, de Carutapera até Alcântara.

“A obra é fundamental e tem que ser prioridade”, defendeu Tavares. Engenheiro de formação, ele explica que a Baixada não se desenvolve por falta de infraestrutura adequada. “Faltam controle da salinidade das águas e a retenção das mesmas na execução de qualquer obra. Mas, principalmente, falta uma rodovia tronco que dê eficiência ao transporte na região, encurtando distâncias e atraindo o turismo para suas belezas naturais, que são tantas”, enfatiza.

Recursos da bancada – A BR-308 ainda não possui traçado definido e nem projeto de engenharia. Uma parte do trecho paraense já foi asfaltado, incluído no PAC (Programa de Aceleração de Crescimento), com 248 milhões de recursos destinados. Zé Reinaldo já conversou com os deputados federais Julião Amim (PDT), Zé Carlos (PT) e Pedro Fernandes (PTB) sobre a possibilidade de todos colocarem as emendas da Bancada Federal à disposição do projeto. O ex-governador afirma que, no trajeto a ser definido, a ideia é incluir a ponte sobre o rio Pericumã. A rodovia seria alimentada por ligações de estradas estaduais e municipais, criando uma malha viária eficiente e permanente de transportes na Baixada Maranhense, aproximando as duas capitais da região, Belém e São Luís.

“Isso daria um grande impulso ao desenvolvimento de toda a região que, se tiver infraestrutura de transporte adequada, atrairá muitos investimentos”, justifica o deputado que, quando dirigiu o DNOS (Departamento Nacional de Obras de Saneamento), fez a Barragem do Pericumã, na Baixada Maranhense.

“O governador Flávio Dino chegou a fazer uma festa para anunciar que construiria a ponte sobre o Pericumã, em Bequimão, obra importantíssima para a Baixada. Mas parece que a ponte também não será construída desta vez”, criticou.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *