Levantamento comprova a farra de capelães no Governo Flávio Dino

O portal G1, um dos preferidos de Flávio Dino (PCdoB), principalmente pela sua credibilidade, e a TV Mirante fizeram um levantamento em praticamente todo o Brasil e comprovou a farra de capelães na gestão do governador comunista.

De acordo com o levantamento, O Maranhão é disparado o Estado com o maior número de capelães existentes no Brasil. O G1 fez um levantamento em 17 estados brasileiros e os estados que mais se “aproximam” do Maranhão possuem 10 vezes menos o número de capelães do Governo Flávio Dino.

A discrepância é absurda e salta aos olhos. Enquanto que no Governo Flávio Dino, o Maranhão que tinha 14 passou a contar com 50 capelães, os estados do Rio Grande do Norte, Alagoas e Minas Gerais, que são os que mais se aproximam do Maranhão, possuem apenas e tão somente 5 capelães cada.

Além disso, boa parte dos estados brasileiros nem possuem capelães na sua estrutura, casos da Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia e Roraima.

Por esse absurdo é que o Ministério Público Eleitoral (MPE) deu um prazo até o dia 6 de maio para o governador responda sobre a nomeação de 36 dos 50 capelães.

De acordo com a denúncia, a nomeação dos 36 capelães ocorreu sem concurso público na Polícia Militar, Bombeiros, Polícia Civil e Sistema Penitenciário do estado. Em alguns casos os salários passam dos 20 mil reais por mês e o motivo seria para obtenção de apoio político-religioso para as eleições.

Agora é aguardar e conferir.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *