Depois de preterido pelos caciques do PCdoB, ex deputado Luiz Pedro filia-se ao PT e lança pré candidatura

Preterido pelo governador Flávio Dino, que preferiu concentrar suas forças na reeleição de Rubens Júnior e para atender o capricho do supersecretário Márcio Jerry, de  ser o deputado federal mais votado da história do Maranhão , como se isso desse direito a tratamento diferenciado na câmara federal,    O ex-deputado estadual Luiz Pedro estará se filiando ao Partido dos Trabalhadores (PT) no sábado próximo, dia 24, num ato que tem o objetivo, também de lançar sua pré-candidatura a deputado federal. O evento ocorrerá no auditório Neiva Moreira, do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa, a partir das 9 horas da manhã.

img_3026

Luiz Pedro exerceu dois mandatos de deputado estadual, além de ter desempenhado diversos cargos públicos no Estado (subchefe da Casa Civil, no governo Cafeteira, e secretário chefe de gabinete, na gestão Jackson Lago) e no Município de São Luís (secretário adjunto de Gabinete, secretário de Comunicação e presidente da Fundação Municipal de Cultura). Foi diretor adjunto de Comunicação da Assembleia Legislativa até o início deste ano.

Jornalista por profissão, atuando na imprensa local e nacional há mais de 40 anos, Luiz Pedro é militante social e político desde a época em que residia no Ceará, seu Estado de origem. Participou ativamente da luta contra a ditadura militar, na imprensa e na militância política no Partido Comunista do Brasil, então clandestino. Foi agraciado com os títulos de cidadão de São Luís e de Imperatriz e também de Cidadão Maranhense. Recebeu a Medalha Simão Estácio da Silveira, da Câmara Municipal de São Luís e o Prêmio José Augusto Mochel, comenda estadual do PCdoB no Maranhão.

Luiz Pedro considera que o momento político atual exige o fortalecimento do Congresso Nacional com a eleição de deputados federais e senadores de esquerda, uma vez que a composição atual das duas Casas legislativas é profundamente conservadora e até reacionária. O jornalista opina que o Brasil precisa retomar o caminho que vinha sendo seguido e que tirou milhões de brasileiros da pobreza extrema e colocou o País como a sexta potência mundial.

“Minha filiação do PT serve para dizer que um enorme contingente de brasileiros exige respeito à soberania popular e que Lula deve ser julgado nas urnas e não por um Judiciário claramente comprometido com o golpe que derrubou o governo legitimamente eleito da presidenta Dilma”, declarou o ex-parlamentar.

Luiz Pedro convidou a todos seus correligionários, amigos e companheiros a se fazerem presentes ao ato de filiação e de lançamento de sua pré-candidatura a deputado federal. “Estamos ansiosos por abraçar a todos e mostrar que há espaço no Maranhão para uma candidatura à Câmara Federal lastreada na opinião de cidadãs e cidadãos progressistas, desejosos de um Brasil progressista, democrático e soberano, em que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados e garantidos”, concluiu.

Fonte: alanramalho.com

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *