Dino torna sem efeito exonerações de aliados de Zé Reinaldo

O governador Flávio Dino (PC do B) voltou atrás e resolveu tornar sem efeito ato, publicado no Diário Oficial do Estado do dia 03 deste mês, no qual exonerou oito servidores da Secretaria de Estados da Indústria, Comércio e Energia (Seinc) indicados pelo ex-governador e atual deputado federal, José Reinaldo Tavares (sem partido).

A informação revelando as exonerações foi divulgada na semana passada pelo Jornal O Estado do Maranhão e apontada como mais um sinal do distanciamento político entre o comunista e o ex-governador que pode resultar na não indicação do segundo como candidato ao Senado pelo grupo governista.

Neste último fim de semana, o Jornal Pequeno trouxe nova informação na qual garantiu que Dino resolveu tornar sem efeito a canetada contra os indicados de Zé Reinaldo – cinco assessores sêniores; dois assessores técnicos; e uma secretária executiva.

Ainda de acordo com a publicação, hoje, o ex-governador conta com uma “assessoria de inteligência”, cuja principal missão, é atuar para desarmar as chamadas intrigas plantadas e que envolvem as figuras dos dois políticos.

O ex-governador, em contato com o editor do blog no último sábado, negou que tenha feito acordo com Flávio Dino que condicionaria a aprovação do seu nome na chapa senatorial mediante a abertura das duas suplências, que seriam indicadas pelo governador.

Zé Reinaldo ratificou que a vaga de primeiro suplente será indicada pela família do empresário Dedé Macedo e a segunda ainda será definida.

Também confirmou que se filiará ao DEM, partido que aderiu recentemente ao projeto de reeleição do comunista, no início de fevereiro.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *