Mutirão de combate ao glaucoma já beneficiou em 2017 mais de 600 pacientes em Bequimão

A última edição do Mutirão de Combate ao Glaucoma promovida pela Prefeitura de Bequimão, em parceria com o Governo do Estado, em 2017, aconteceu nesta segunda-feira (11), no Centro de Saúde, antiga Unidade Mista de Saúde e atendeu 129 pacientes, sendo 63 diagnosticados e 66 sem a doença.

Desde 2013, a equipe do prefeito Zé Martins já articulou diversos mutirões de combate a doenças da visão, como glaucoma, pterígio e catarata, beneficiando centenas de bequimãoenses. Só em 2017, os 4 mutirões realizados pela prefeitura de Bequimão (fevereiro, junho, setembro e dezembro), atendeu 624 pacientes. Após a consulta de triagem, os pacientes que precisaram de intervenção cirúrgica foram encaminhados para São Luís, recebendo suporte da Prefeitura de Bequimão nos custos com deslocamento, alimentação e medicamentos. Os que foram diagnosticados e precisaram apenas de colírio, receberam o medicamento para uso durante três meses, até o próximo mutirão.

O secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres, considera que os mutirões cumprem uma função importante para a população do município, porque torna mais acessível o tratamento de doenças da visão. “Até poucos anos atrás, não havia uma ação sistemática de saúde dos olhos em Bequimão. Mas o prefeito Zé Martins voltou um olhar especial para essa questão e, hoje, já é possível fazer o diagnóstico e começar o tratamento no próprio município. Este ano atendemos mais de 600 pessoas aqui na cidade. Para quem precisa ir à São Luís, damos todo apoio e acompanhamento”, destacou o secretário.

PROCEDIMENTOS DURANTE A CONSULTA

Durante a consulta, o paciente passa por avaliação médica e exames capazes de detectar o glaucoma ou outra patologia ocular. Os procedimentos verificam falhas no campo de visão central e periférica do paciente, além de medir a pressão interna do globo ocular e avaliar as estruturas do fundo do olho. A partir do diagnóstico, o paciente é encaminhado para o tratamento adequado, que pode ser uma cirurgia. Para combater o glaucoma, o programa ainda oferece colírios gratuitos e orienta os pacientes sobre o uso correto da medicação.

GLAUCOMA

O glaucoma é uma lesão do nervo óptico que pode provocar a cegueira. A doença, muitas vezes assintomática, causa um aumento rápido na pressão intraocular. Pacientes com idade acima dos 40 anos e portadores de doenças como diabetes, problemas cardíacos, hipertensão e hipertireoidismo devem estar atentos e participar das atividades do mutirão.

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *