Operação investiga fraudes em licitações na prefeitura de Gonçalves Dias

O Ministério Público e a Polícia Civil realizaram, na semana passada, operação que investiga possíveis fraudes em licitações promovidas pela prefeitura de Gonçalves Dias, gerida pelo tucano Antônio Soares de Sena (foto), mais conhecido no meio político como Toinho Patioba.

O trabalho, denominado de Operação Lego, foi executado a pedido da promotora de Justiça Ariadne Dantas Meneses, titular da Comarca de Dom Pedro, da qual Gonçalves Dias e termo judiciário.

Durante a Operação, foram apreendidos computadores, notebooks e documentos relacionados a licitações e contratações e, ainda, uma arma de fogo. Os bens serão submetidos a perícia para prosseguimento de investigações sobre fraudes e irregularidades em procedimentos licitatórios, com indícios de montagem de processo e direcionamento de contratação.

Igualmente foram vistoriados a residência de Ancleyson da Silva e Silva (secretário municipal de Administração) e a moradia e o escritório de contabilidade administrado por Antônia Ancleya da Silva e Silva, irmã do secretário.

A investigação inclui quatro inquéritos civis que apuram irregularidades em licitações realizadas pela prefeitura em 2017. A análise aponta a montagem de processos e simulação dos certames, com a finalidade de desviar recursos públicos e direcionar contratações da administração municipal.

As fraudes se caracterizam também pela criação de novas empresas ou favorecimento de firmas já constituídas, que se alternariam entre as licitações para que nenhuma saia sem firmar contrato com a prefeitura

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *