Casa de Cultura Josué Montello oferece vasta programação na 11ª FeliS

Nos dias 15, 16 e 17 várias palestras vão abordar a obra do escritor maranhense.

SÃO LUÍS – No ano que marca o centenário de nascimento do autor de Os Tambores de São Luís, a Casa de Cultura Josué Montello (CCJM) participa da 11ª Feira do Livro de São Luís (FeliS) com lançamento de livros, palestras, exposição, oficinas e outras ações inspiradas na obra do escritor.

A Casa de Cultura Josué Montello é um equipamento cultural do Estado, vinculado à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Nesta segunda-feira (13) será realizado o lançamento do primeiro volume da Coletânea de crônicas Escritores Maranhenses 1955-1965, às 18h, no Cine Praia Grande, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho.

São 60 crônicas de Josué Montello sobre personalidades, fatos históricos e curiosidades relevantes da cultura literária maranhense, originalmente publicadas no Jornal do Brasil na coluna Areia do Tempo. O segundo volume da coletânea será lançado até o final do ano por meio da parceria da CCJM e Casa do Autor Maranhense, com apoio cultural da Cemar.

Outro livro lançado na 11ª FeliS, na sexta-feira (17), é Cais da Sagração, reeditado mais de quatro décadas depois da primeira edição pela Academia Maranhense de Letras (AML). O livro tem como personagem principal o barqueiro Severino e como pano de fundo o Cais da Sagração (atual Rampa Campos Melo) em São Luís. O lançamento será no Cine Praia Grande, às 18h.

Nos dias 15, 16 e 17 várias palestras vão abordar a obra do escritor maranhense. Com o tema ‘Noite sobre Alcântara: crônica de uma profecia contrariada’, o diretor do Convento das Mercês, Paulo Melo Souza fala sobre a obra montelliana no dia 15, às 14h, no auditório 2 (Úrsula) da Casa do Maranhão.

Na quarta-feira (16), a bibliotecária Wanda França apresenta a palestra ‘Vida e obra de Josué Montello’ com mediação da diretora da Casa Josué Montello, Joseane Souza, no auditório 3 (Cantos a Beira Mar), na Casa do Maranhão, às 17h.

Na sexta-feira (17), o escritor, professor e pesquisador José Neres, membro da Academia Maranhense de Letras, fala sobre o centenário Josué Montello, também na Casa do Maranhão, às 15h30, no auditório 2 (Úrsula).

Exposição

Durante toda a feira, o público poderá ver a exposição fotográfica ‘Cais da Sagração’, uma recomposição ficcional do livro homônimo publicado em 1971 e que deu a Josué Montello o prêmio Juca Pato/Intelectual do Ano. As fotografias estão expostas na galeria do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho.

O projeto da exposição é do jornalista e professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Ed Wilson Araújo, e as fotos de autoria da médica e professora da UFMA, Marizélia Ribeiro, baseadas em vários trechos do livro que tem como principais referências históricas e geográficas o Centro Histórico de São Luís, especialmente o bairro da Praia Grande.

Espaço infantil

No sábado (18), véspera do encerramento da 11ª FeliS, a Casa de Cultura Josué Montello leva para o espaço infantil da feira oficinas, contação de histórias e exposição das obras infantis de Josué Montello. O evento acontece das 13h às 18h30, no espaço Viriato Corrêa, ao lado da Casa do Maranhão.

Durante as atividades a criançada vai poder escutar histórias divertidas dos livros ‘O castigo do linguarudo’ e ‘O tesouro de D. José’, contadas pela equipe da CCJM e pela professora Heloisa Varão da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e suas alunas, do curso de Pedagogia, seguida de atividades lúdicas.

Programação
Dia 13/11
18h – Lançamento da Coletânea de crônicas Escritores Maranhenses 1955-1965 pela Casa de Cultura Josué Montello. Cine Praia Grande, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho

Dia 15/11
14h – Palestra Noite sobre Alcântara: crônica de uma profecia contrariada, Paulo Melo Souza. Casa do Maranhão, Auditório 2 (Úrsula)

Dia 16/11
17h – Palestra Vida e obra de Josué Montello, Wanda França – Bibliotecária da CCJM. Casa do Maranhão, Auditório 3 (Cantos a Beira Mar). Mediação: Joseane Souza – Bibliotecária gestora da CCJM

Dia 17/11
15h30 – Palestra Centenário Josué Montello, professor e escritor José Neres e jornalista Manoel Santos Neto. Mediação: Joseane Souza – Bibliotecária gestora da CCJM. Casa do Maranhão, Auditório 2 (Úrsula)

Dia 17/11
18h – Lançamento do livro Cais da Sagração pela Academia Maranhense de Letras (AML). Cine Praia Grande, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho

Dia 18/11
13h às 18h30 – Exposição de obras infantis de Josué Montello, oficina de contos africanos com Luanda Martins Campos e contação de histórias seguida de atividades lúdicas com professora Heloísa Varão e alunas do Curso de Pedagogia da UEMA. Espaço Viriato Corrêa, ao lado da Casa do Maranhão

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *