Petista afirma: O PT quer Flávio Dino. Mas ele não quer o PT!

Por Nonato Chocolate

Passado o golpe jurídico-parlamentar , que resultou no impedimento da Presidenta Dilma no comando da presidência da República, a respeito do qual, é importante ressaltar, teve um posicionamento firme do governador do Maranhão, Flávio Dino, na defesa da Democracia, muitos acreditavam que o fato de ter nele (Flávio) um artífice da esquerda nacional (até porque é o único governador do PC do B), as coisas estavam resolvidas aqui no Maranhão.

Entretanto, mesmo já tendo sido militante estudantil do “campo majoritário”, atual CNB, a opção do comunista foi liberar a máquina estadual do governo, para assegurar a vitória na presidência do PT do seu assessor especial Augusto Lobato( o mesmo que há quase uma década, mais precisamente em 2008, votara em Bira do Pindaré( hoje PSB) na prévia interna do PT para prefeitura de São Luís e depois, outros aliados dele, optaram por não fazer a campanha de Flávio Dino para prefeito, acusando- o de sarnopetista, muito embora a CNB tivesse sustentado sua candidatura até o final e o resultado desse pleito, como nos é conhecido, garantiu vitória ao falecido João Castelo, do PSDB, com apoio do governo de Jackson Lago, ao qual se alinhava a até então, Resistência Petista).

A mesma CNB, corrente interna que sozinha tem 40% do partido e só não ganhou o PED porque houve uma defecção, do agrupamento liderado pelo hoje Conselheiro do TCE Washington Oliveira (ex- Vice Governador da Roseana Sarney).

Ou seja, está posta a grande contradição comunista: como tentar isolar a CNB e se afastar desta “força politica” se o maior SarnoPetista está exatamente entrincheirado como um dos principais aliados dos Leões ?

O candidato opositor ao presidente eleito foi o Deputado Estadual Zé Inácio(líder da bancada e BASE do governo) e nunca criou “embaraços” à governabilidade, não “chantageia” como muitos deputados fisiológicos e muito menos obstrui votações; ao contrário, leva o governador onde ele não tinha aproximação com os gestores de alguns municípios (Santa Luzia do Tide, Bequimão, Sitio Novo, Paraibano pra ficar só nesses…)

Vários “gestos” já foram feitos na Direção de Flávio Dino. Inclusive, a própria aliança em São Luis se deu, em grande medida, ao posicionamento e alinhamento desse Campo Politico com o PC do B/PDT/PT. Aliás, a despeito da VACILADA das Lideranças da CNB , que foram ”românticos” no processo de escolha da substituição do Secretário de Cultura da Prefeitura da Capital, a própria “lentidão ” do prefeito Edivaldo Holanda Jr. em discutir esse espaço na realidade faz parte da pressão ou veto do governo estadual para tentar isolar/ afastar a CNB.

Defendo que, a partir de agora, devamos exercitar ao máximo os diálogos, tendo em vista o melhor cenário para a sustentação da candidatura do Lula em 2018 aqui no Maranhão. E se o “barco” que nos couber for a Candidatura Própria, melhor navegar por ele a ter que ficar a “deriva” ou a reboque de outra nau…

Nós queremos ir com Flávio. Mas ele ao que parece, não nos quer…

*Prof. Nonato Chocolate é Sociólogo/ Funcionário Público Federal – (Dirigente Municipal do PT de São Luis e Secretário Estadual de Combate ao Racismo PT/MA)

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *