Por que Lula venceu Moro

O ex-presidente Lula se deu bem no primeiro encontro, ou duelo como prefere a mídia, contra o juiz Sérgio Moro. E explico o porquê.

Em primeiro lugar, ficou claro que não há provas concretas e evidentes de que o petista é dono do tal Triplex do Guarujá, no litoral em São Paulo. E esse era o escopo principal se não único desse processo em questão.

Em segundo lugar, Lula, inteligente pra peste, conseguiu levar o depoimento para o território que ele é o “cara”, ou seja, para a política.

Por vários momentos, o réu enquadrou o juiz com tiradas inteligentes e insinuações cortantes. Alguns exemplos. Volto em seguida.

“Eu conheço os vazamentos, eu sei os vazamentos, é como se o Lula tivesse… Pela imprensa, pelo Ministério Público, sendo procurador, procura-se vivo ou morto. A imprensa é o principal julgador.”

“Se tem um brasileiro que deseja contar a verdade sou eu. O que eu quero é que tenham respeito comigo. Pelo amor de Deus, apresentem uma prova, chega de diz-que-diz.”

“Eu sou julgado pela construção de um PowerPoint mentiroso, aquilo é ilação pura….”

“E aliás o doutor [Deltan] Dallagnol [procurador da República], que fez a apresentação, não está aqui. Deveria estar aqui, para explicar aquele famoso Power Point. Aquilo é uma caçamba onde cabe tudo.”

“Doutor, quando um político comete um erro ele é julgado pelo povo, ele não é julgado pelo processo de código penal. Eu fui julgado várias vezes pelo povo”.

“Se as pessoas que estão fazendo essa denúncia querem saber como se governa, eles têm que sair do Ministério Público, criar um partido político, ganhar, para eles saberem como é que se governa …”

“Eu estava encerrando a minha carreira política porque se eu quisesse ser candidato eu seria em 2014, mas agora, depois de tudo que tá acontecendo, eu tô dizendo em alto e bom som, vou querer ser candidato à Presidência da República…”

Comigo novamente
O que se pode observar é que Lula deu tom político ao seu depoimento não porque é um monstro político, mas porque está convencido que o todo esse processo é de natureza essencialmente política e fez questão deixar isso bem claro na lata do juiz Sérgio Moro.

Não tenho dúvidas de que Lula cometeu vários erros, alguns até graves, e já escrevi várias vezes sobre esse meu ponto de vista, basta pesquisar nos arquivos do blog.

Assim como erraram o Dilma, Zé Dirceu, Palocci, o próprio PT etc., mas se querem julgar todos eles que se limitem aos aspectos meramente jurídicos, pois se for para fazer julgamento político deixem que povo o faça, uma vez que só ele, o povo, pode julgar e dar a sentença que os maus e/ou bons políticos eventualmente mereçam.

Enfim, a conclusão que se pode tirar desse primeiro encontro do ex-presidente com o seu carrasco é que o torneiro mecânico de ensino fundamental levou a melhor sobre o doutor magistrado, e a continuar assim a Lava Jato pode subir no telhado.

Lula venceu Moro.

Fonte: www.brasil247.com

Facebook
Twitter
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *